terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Bastou um olhar

Bastou um olhar, um pouco mais de três segundos para eu ter a certeza de que era com ela que queria ficar. Seus belos cabelos longos e castanhos chegavam à altura do cóccix onde meus olhos se perdiam em suas belas curvas torneáveis.

Uma troca de olhar. Ela passou por mim confiante, esplêndida, dona de si e de mim. O local onde estávamos estava cheio, mas, mesmo assim, consegui acompanha-la e perceber a cada passo seu, um desejo meu.
Parei ao seu lado e perguntei seu nome. Com uma mão sobre sua cinturinha de pilão e a outra sobre seu queixo, beije-lhe a boca antes mesmo que ela respondesse a pergunta. A festa parou! Todos em volta olharam boquiabertos aquele beijo que lembrava a cena de algum filme Hollywoodiano.

Enquanto beijava a bela menina de olhos claros e seios fartos, sentia o coração pulsar em ritmo acelerado e contente, sorri para ela assim que parei de beija-la e para minha felicidade, ela sorriu de volta.

5 comentários:

  1. Hen hein, agora acorda que a vida real é um cadim mais complicada.

    ResponderExcluir
  2. Putz. Muito bom!

    ResponderExcluir
  3. kkkkk ta certo! esqueceu de comentar o comprimido de êxtase, que pediu ao garçon para colocar na sua bebida dela.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom! se for verdade te invejo e admiro ainda mais! =D

    ResponderExcluir
  5. Hen hein, agora acorda que a vida real é um cadim mais complicada. ²
    kkkk..

    ResponderExcluir